Header Ads

Royal Aviation Group

Militares se encontram com menina que recebeu coração transportado pela FAB


O 5º Esquadrão de Transporte Aéreo (5º ETA) – Esquadrão Pégaso, Unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) sediada na Ala 3, em Canoas (RS), realizou no mês de maio o transporte de um coração do Estado de Santa Catarina para o Paraná. Três meses depois, a equipe que cumpriu aquela missão reencontrou a vida salva pelo novo órgão, a menina Karolina Vetter Rodrigues, de 13 anos.
A tripulação do 5º ETA, composta pelos pilotos Tenente Aviador Ary Batista Rocha Neto, Tenente Aviador Daniel Augusto Simões de Andrade e o mecânico de voo Sargento Vitor Luiz Patrício do Nascimento, em um aproveitamento de missão, foi recebida nesta quarta-feira (07) pela família de Karolina, em Curitiba (PR).
“Acompanhamos o dia a dia de sua recuperação, vibramos com cada conquista, como o dia em que ela voltou a andar de bicicleta, por exemplo”, disse o Tenente Ary. “Sinto-me extremamente honrado por ter realizado esta missão tão nobre. Lembrarei com muito carinho a oportunidade de fazer parte desta tripulação. Agradeço o excelente trabalho realizado pelos militares da Força Aérea Brasileira e pela equipe médica. À nossa amiga Karol, desejo que ela possa crescer com plena saúde e que seu coração viva cheio de boas e grandes emoções”, disse o militar. “Ela já faz parte do nosso Esquadrão”, completou o Tenente Andrade.
Emocionados, os pilotos receberam de Karolina uma miniatura de aeronave de madeira com uma dedicatória. A tripulação retribuiu e entregou à menina uma moeda comemorativa dos 50 anos do Esquadrão Pégaso, uma camiseta e um quadro para guardar a imagem daqueles que ela chama de “anjos da guarda”.
Na madrugada do dia 7 de maio, a tripulação do 5º ETA decolou da Ala 3 com destino à cidade de Navegantes (SC), onde uma equipe médica, composta pelos médicos Tiago Dietrich e Fábio Navarro, aguardava com um coração para embarque imediato para um hospital em Curitiba, onde outra equipe de saúde aguardava para salvar a vida de Karolina.
Como órgão diferenciado, o coração possui apenas três horas após ser retirado do doador para ser implantado no paciente. Por isso, a agilidade da equipe do Esquadrão Pégaso e da equipe médica foram fundamentais para o sucesso da missão. Após 50 minutos de voo e 30 de cirurgia, Karolina renascia com um novo coração batendo em seu peito.
A missão comoveu a todos e uniu a família da menina, a equipe médica do hospital e os militares do Esquadrão. Após a cirurgia e durante toda a semana, o médico Tiago enviou mensagens para o Tenente Ary, piloto responsável pela missão, informando que o procedimento havia sido bem-sucedido e contando o passo-a-passo da recuperação de Karolina. “No transplante cardíaco, o tempo está diretamente relacionado com o sucesso da operação. Portanto, vocês foram fundamentais nesse processo. Parabéns à equipe da FAB que participou da missão”, declarou o médico.
Nos dias subsequentes, o pai da menina, Eduardo Belo Rodrigues, também manteve contato com o Tenente Ary, por solicitação da própria Karolina. “Quero que meus anjos da guarda vejam como eu estou bem agora”, dizia ela. Durante a recuperação, várias fotos foram enviadas, inclusive a do dia da saída do hospital, em 23 de maio, momento mais esperado pela mãe, Sandra Aparecida Cerbelo Rodrigues. A família soube da complicação cardíaca da menina quando ela tinha apenas 5 meses de vida. Desde então, a luta foi diária pela sobrevivência da filha.
“Obrigado a todos vocês da FAB, que Deus abençoe cada um. Um abraço, guerreiros, vocês são nossos super-heróis de verdade”, disse o pai, por mensagem, no início de junho. “Gostaríamos muito de convidar vocês para nos visitar”, continuou Eduardo. E foi assim que surgiu a segunda missão do Esquadrão, o encontro com Karolina.
Sempre prontos
“Nada mais significativo para os 50 anos do Esquadrão Pégaso do que essa missão, que ajudou a salvar a vida da Karolina”, ressaltou o Comandante do 5º ETA, Tenente-Coronel Aviador Fabiano Pinheiro da Rosa. As missões de transporte de órgãos geralmente são acionadas sem aviso prévio. Por isso, a qualquer dia e hora, sempre haverá uma tripulação do Esquadrão Pégaso pronta para cumpri-las.

Fotos: Tenente Antunes / 5º ETA.

...

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.