Header Ads

Royal Aviation Group

Prefeita de Guayaquil, no Equador, pede que veículos impeçam pouso de avião da Iberia

Prefeita de Guayaquil, no Equador, pede que veículos impeçam pouso de avião da Iberia

Pouso de avião da Iberia foi impedido em Guayaquil
Pouso de avião da Iberia foi impedido em Guayaquil Foto: Reprodução
Louise Queiroga
Tamanho do textoA A A
A prefeita da cidade de Guayaquil, Cynthia Viteri, no Sudoeste do Equador, ordenou que veículos bloqueassem a pista de aterrissagem do aeroporto para impedir o pouso de um avião da companhia aérea espanhola Iberia, diante da pandemia do novo coronavírus, nesta quarta-feira. A aeronave levava apenas a tripulação e tinha como objetivo repatriar espanhóis de volta ao país deles. A aterrissagem acabou sendo feita sem problemas na capital Quito, a aproximadamente 420 quilômetros de distância.
"Senhores, sim, assumo a responsabilidade de ter mandado os veículos do município de Guayaquil para impedir que o avião de Iberia aterrissasse aqui com onze passageiros de Madri para que ficassem em Guayaquil, foco da infecção, em risco", afirmou ela em vídeo.
A Procuradoria do Equador abriu uma investigação sobre o caso ocorrido no aeroporto internacional José Joaquín de Olmedo.
O ministério de Transporte e Obras Públicas indicou que é permitida a entrada no país de aviões sem passageiros para buscar estrangeiros e rejeitou a ação da prefeitura de Guayaquil. No entanto, a prefeita de Guayaquil argumentou que tomou a medida porque a província de Guayas está "isolada" do resto do país por concentrar o maior número de contagiados.
No Equador, houve três mortes em decorrência da Covid-19 e quase 200 casos confirmados. Todos os voos estão proibidos desde segunda-feira. Como Guayas foi a mais atingida pelo vírus, as autoridades endureceram as medidas na quarta-feira para essa província, ao proibir a entrada e saída de pessoas, com exceção para transportes de alimentos e medicamentos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.