Header Ads

Royal Aviation Group

FAB realiza Exercício Operacional Tinia 2020 no Sul do país

 MILITAR


FAB realiza Exercício Operacional Tinia no Sul do país

PorRadar Aéreo
Postado em 12/01/2021
SHARE TWEET SHARE EMAIL COMENTARIOS



Entre os dias 5 e 27 de novembro de 2020, foi realizado a segunda edição do Exercício Operacional (EXOP) Tínia nas Alas 3 e 4, em Canoas e Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O EXOP visa simular um ambiente de guerra aérea convencional, também chamada de guerra regular, ou seja, quando há um conflito entre forças armadas de dois países ou alianças de Nações, por meio de combates aéreos que simulam a disputa de um território.

“O objetivo do exercício é manter a operacionalidade da Força e de seus Esquadrões Aéreos, assim como dos Controladores de Tráfego Aéreo, dos Grupos de Defesa Antiaérea e de Comunicações e Controle. E todo treinamento de grande porte se torna desafiador, pois nos exige competências diferenciadas no adestramento de todas as nossas capacidades. Além disso, neste ano diferente, todos colaboraram para garantir não apenas o nível de atenção elevado em relação à segurança de voo, mas também a respeito da prevenção à COVID-19”, ressaltou o Brigadeiro Bellintani aos participantes.


Brigadeiro Bellintani


Nós agregamos meios em busca do incremento da nossa capacidade operacional e da manutenção da nossa principal missão, que é a soberania do nosso espaço aéreo brasileiro. Brigadeiro Bellintani

Mais de 35 aeronaves e cerca de 400 militares do efetivo de Unidades da Força Aérea Brasileira (FAB) distribuídas por todo o País participaram do EXOP Tínia. O Comando de Preparo (COMPREP) ficou à frente da atividade, que segue a proposta de adequar os treinamentos nacionais ao perfil comumente encontrado no cenário internacional. Um dos benefícios do exercício é a capacidade de treinar a coordenação das manobras entre as duas localidades, Canoas e Santa Maria, podendo reunir mais de 20 aeronaves em uma mesma missão aérea composta.


KC-130 Hercules FAB 2461

Entre as aeronaves empregadas, estavam os caças F-5M e A-29; a aeronave radar Embraer E-99; as aeronaves de reconhecimento Embraer R-99, Learjet R-35AM e R-35A (que realizou sua última missão operacional na FAB); as aeronaves de transporte C-130 Hércules e C-105 Amazonas e o helicóptero H-60L.


F-5EM FAB4863

Foram treinadas diversas ações como: Escolta, Reconhecimento Aéreo, Controle e Alarme em Voo, Ataque, Varredura, Reabastecimento em Voo, Posto de Comunicação no Ar, Defesa Aérea, Defesa Antiaérea e Transporte Aéreo Logístico. Os voos foram realizados em espaço aéreo reservado, localizado ao Sul do Estado, entre as duas cidades que sediaram o Exercício.

Para garantir a segurança dos participantes e da população local, foi elaborado um plano de biossegurança com base nos protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde para o enfrentamento à COVID-19. “O plano foi gerenciado pelo Hospital de Aeronáutica de Canoas e pelo Esquadrão de Saúde de Santa Maria. Todos os participantes de fora do estado realizaram o exame para COVID antes do deslocamento e, durante o Exercício, respeitarão os protocolos de higienização, monitoramento de temperatura, distanciamento e utilização de Equipamentos de Proteção Individual, entre outras medidas”, explicou a Capitão Médica Tatiana Gama e Silva.

Agradecimentos:
– Brigadeiro Bellintani;
– Assessoria de Imprensa da Base Aérea de Canoas;
– Assessoria de Imprensa da Base Aérea de Santa Maria.

Matéria por Aerodefesa

Confira mais fotos do EXOP Tinia 2020 (Crédito: Welter Mesquita Vaz / Aerodefesa):

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.